Porque Juliette é um fenômeno na internet?

Marketing agora! - Por Zé Abramo

31/03/2021

Por Priscilla Thevenet*

Para quem vive em outro planeta (sic) ou está se isolando inclusive da TV e internet, e que não sabe quem é a Juliette, a gente explica. A paraibana é uma das participantes do BBB21, o reality show de maior audiência do país. A popularidade da maquiadora e advogada é inquestionável, mas o que se destaca realmente, nessa ascensão meteórica, são as redes sociais.

Em pouco tempo, o instagram da participante alcançou a marca de 17 milhões de seguidores. Você não leu errado, MILHÕES! Superando números de grandes celebridades, como da rainha do pop Madonna. Que Juliette tem carisma, isso ninguém pode negar.

Mas o sucesso das redes dela, advém de outros fatores. Ou melhor, de um fator fundamental, a estratégia de redes sociais.

 

Uma das principais características da comunicação criada pela equipe da Juliette, formado por 18 profissionais, é a criação de conteúdo específico para cada rede social. Por exemplo, o que é postado no instaram, não é a mesma comunicação do twitter.

A estratégia respeita os formatos e públicos. Assim, agrada e gera mais engajamento.

Falando em engajamento, outro ponto forte das ações é a atenção aos seguidores. Todas as perguntas e comentários são rapidamente respondidos. E, as marcações são repostadas pelo canal oficial da participante.

Os seguidores vestiram a camisa e compraram a ideia. E, como venho falado constantemente por aqui, quando transformamos nossos seguidores/clientes em advogados da marca, teremos sempre alguém que vai espalhar e propagar nossa mensagem. Isso não tem preço!

Outro ponto interessante, é o uso de imagens e cores específicas. Todas as imagens tem boa resolução, o que facilita a visualização e leitura, além de cores constantes. Ter identidade visual faz toda a diferença em uma estratégia bem sucedida.

Além de todos esses pontos levantados, ainda tem uma diquinha de ouro e que muita gente esquece. Não deixe o público esquecer de você, marque presença comentando e curtindo de seus seguidores. Sua presença digital tem que ser maciça e constante!

Uma coisa é certa, mesmo quando a participante sair da casa mais vigiada do Brasil, e voltar para o mundo real, ela vai poder usar os milhões de seguidores conquistados para ganhar dinheiro e fazer negócio.

E lembre-se, social media não é apenas postar, é ter estratégia.

Um salve a esses profissionais!

 

Leia Também:

Sete dicas para superar o lockdown e vender

Compartilhe:

Tags: