Sanduíche com cantor de rap, combina?

Marketing agora! - Por Zé Abramo

29/09/2020

Por Priscilla Thevenet*

No marketing as parcerias mais inusitadas podem dar certo, te explico

Que as colabs estão em alta, não é nenhuma novidade. Mas calma aí, não estou falando daquela #collab em vídeos. Aquela que os youtuber adoram, quando chamam convidados para fazerem vídeos juntos, de forma colaborativa, na criação de conteúdo.

Estou falando da colab entre marcas e figuras públicas/vídeos

Pessoas confiam em pessoas.

Vamos de cases de sucesso? A parceria do McDonald’s com Travis Scott foi impressionante.

Fã assumido do Méqui, o cantor de rap do momento nos EUA divulgou o que mais gosta de comer (quarteirão com alface e bacon, molho barbecue, batata e Sprite) e assinou acessórios exclusivos.  A última novidade foi o lançamento de apenas 15 unidades dessa miniatura feita a mão.

Resultado, milhares de sanduíches vendidos, bonecos esgotados e as fotos mais curtidas do artista são referentes a essa parceria. Na colab bem pensada e estratégica, TODOS saem ganhando. Tanto a marca quanto a figura pública convidada.

Outra colab que deu muito certo, foi feita entre a cantora Manu Gavassi e a CEA. Durante o BBB20 (em que Manu participou), a moça chamou atenção por looks inusitados e fashionistas. Acreditem ou não, pouco tempo após o fim do programa, a CEA lançou uma coleção, assinada por Manu, inspirada nos looks usados pela cantora.

Ninguém aqui é inocente em achar que foi coincidência…

Que vitrine, minha gente!

Da mesma forma que o Mc Donald´s, a CEA também usou da indicação para chamar atenção e fazer negócios.

Quando usado dessa forma indireta e orgânica, o marketing agrega mais valor à marca e a sua campanha. É apenas “alguém” indicando um produto para um amigo. Aqui podemos trabalhar fortemente o conceito de comunidade.

Foi-se o tempo daqueles anúncios com cara óbvia de publicidade. As pessoas querem entender as funcionalidades e potencialidades dos produtos de forma natural. Querem ver quem usa. E se essa pessoa, por um acaso, for modelo de lifestyle ou alguém inspirador, sua chance de vender cresce vertiginosamente.

Mas cuidado, escolha essa figura com cautela. A pessoa escolhida deve conversar de forma coerente com a sua marca. Convide quem vai agregar. Você não quer apenas vender, você quer acrescentar firmeza ao discurso.

Coerência nunca é demais.

Que marcas você gostaria de ver fazendo colabs, por aí? Me conta!

Leia Tmabém:

Marketing de comunidade: porque investir nessa tendência

 

Compartilhe: