Vai ali

Blog


Representatividade

Poema Charada

por Laura Conceição

Você consegue adivinhar?

 

Não tem água nem tem mar 

Mas eu adoro esse lugar 

Não tem água nem tem mar 

Mas eu adoro esse lugar 

 

Não tem parede 

Nem tem teto 

Nem sofá  pra assentar 

Mas sinto que tenho teto 

Depois que eu fui 

Parar lá 

 

Não há gravura 

Arquitetura 

Nem busao que chegue lá 

É preciso chegar a pé  

No sapatin

Devagarin 

Com carinho 

de mansinho 

E chave pra adentrar 

 

Um lugar aconchegante 

Sem endereço 

Itinerante 

Pode estar bem perto ou longe 

Das bandas de lá pra cá 

Espaço grande  que só cresce 

Não tem rua nem tem CEP

Cheguei até a fazer uma prece 

Para me deixarem entrar 

 

Foi quando alguém me sorriu 

A porta se abriu 

Eu pensei “onde já se viu”

Que maravilha de lugar 

No meio do “estala estala” 

Ainda um pouco emocionada 

Arrumei logo minha mala 

Pra fazer minha morada 

Avisei o pessoal lá de casa 

Que eu iria me mudar 

 

Não tem água nem tem mar 

Mas eu adoro esse lugar 

Não tem água nem tem mar 

Mas eu adoro esse lugar 

 

Lá não há golpe de estado 

Lá não há homem fardado 

Nem Muleke maltratado 

Sem lugar pra estudar 

Lá se aprende humanidade 

Com  amor e lealdade 

Independente da idade 

Coisas que a faculdade 

Não Domina ensinar 

 

Cê deve estar se perguntando

“ laura tá me zuando “

Do que ela tá falando 

Será que vai revelar ? 

Mas que lugar é esse 

Tô ficando curioso/ curiosa 

 que nervoso 

Então queira se acalmar

Não entre nesse dilema 

Que isso não é problema 

Através desse poema 

Hoje eu venho lhe contar 

 

Não é propriedade privada 

o lugar que fiz morada 

Mil andares sem escadas 

A mais feliz das quebras 

Não tem aluguel nem nada 

Você pode adivinhar ? 

É que moça mais sorridente 

E a mais inteligente 

Que me faz ser a mais contente 

E alegra tanta gente 

Que é a dona desse lugar! 

 

é um lugar diferente 

Como já avisei pra tanta gente 

Ele não é concreto 

Mas é o lugar mais certo 

Onde repouso meu afeto 

Completamente me entrego 

Vou te falar onde estamos

E não é imaginação 

Mentira tão não é não 

 

 

Esse lugar é o coração 

Da menina que eu amo

 

Laura Conceição

Foto: Hercules Rakauskas 

Leia também

Cadastre-se e receba em primeira mão

nossas promoções, notícias e vídeos