Vai ali

Blog


Cidade

Museu Cabangu faz vaquinha para não fechar as portas

por Vai Ali

Preservar a memória e a história do ser humano – e de suas obras - sempre foi um desafio. Por isso, os museus exercem um papel significativo na nossa sociedade.

Em 2018, a história mundial sofreu uma perda irreparável com o incêndio do Museu Nacional, no Rio de Janeiro. E este pode ser o destino de tantos outros museus, caso a negligência do poder público e a falta de incentivos continue.

A tragédia com o Museu Nacional acendeu o alerta vermelho em todo o mundo. E uma história que, com certeza não queremos contar, pode estar prestes a acontecer bem pertinho da gente, na cidade de Santos Dumont.

O Museu Casa Natal de Alberto Santos Dumont, conhecido como Museu Cabangu, é o local onde nasceu Santos Dumont, o Pai da Aviação. O local abriga um acervo riquíssimo dos seus inventos e conta sua história como fazendeiro criador de gado holandês na Serra da Mantiqueira.

Pois esta parte importante da nossa história está prestes a fechar as portas. Por problemas financeiros o museu não consegue fazer as reformas necessárias e nem sequer pagar os funcionários que fazem a manutenção do acervo.  Além disso, dívidas impedem que a entidade participe de projetos de incentivo à cultura.

Por isso, a Fundação Casa de Cabangu, entidade mantenedora do espaço, lançou nesta quinta-feira (18), a campanha “SOMOS TODOS MUSEU CABANGU”. A vaquinha online tem o objetivo de arrecadar dinheiro para sanar as dívidas do Museu. A proposta é de que, com o financiamento, a casa volte a funcionar e a participar de projetos importantes para a cultura e informação da população do entorno.

Para doar, basta acessar: www.kickante.com.br doando qualquer valor e compartilhando para que outros também possam ajudar.

 

Fotos: Fundação Casa de Cabangu | Turismo Santos Dumont

Leia também

Cadastre-se e receba em primeira mão

nossas promoções, notícias e vídeos