Vai ali

Blog


Cinema

Os 10 melhores filmes de 2017

por Anna Carolina Miranda

 O ano de 2017 foi recheado de bons filmes nas telinhas dos cinemas nacionais e mundiais. E a tarefa mais difícil – sem dúvida – foi escolher apenas 10 grandes estreias (com direito a bônus), dentre as categorias ação\aventura, drama, terror e animações. Ou seja, tem pra todos os gostos. <3

A listinha não está em ordem classificatória, cada um tem seu valor que eu não soube mensurar – sorry, todos são bons. Ah, vale lembrar que não contém grandes spoilers, então pode ler sem medo, viu?

 

 

 

Logan (FOX + MARVEL) *****

O filme divide as opiniões da crítica, mas ainda sim ganhou meu coração. Logan já começa com o fato de ser o último filme com o nosso querido\eterno Wolverine, Hugh Jackman e – aparentemente – o início de uma nova era de mutantes, com a estreia de Laura, Dafne Keen (que atriz!).

Comparado aos outros filmes da franquia X-men, é um filme mais parado e dramático. Tem sim as cenas de ação que nos deixa aflitos, mas o enredo da história é mais melancólico – e dá até pra chorar e se emocionar, viu? Confere só o trailer (que já me conquistou de primeira pela trilha sonora - Johnny Cash, Hurt).

 

Okja (NETFLIX) *****

É daqueles filmes que mexem com a gente, sem dúvidas. É de se emocionar e repensar sobre as nossas atitudes com os animais. Se você tem uma queda pelo vegetarianismo\veganismo (mas não é), com certeza você vai reavaliar sua alimentação.

Okja conta a história de uma menininha, Mija, e seu animal de estimação. Tudo é lindo. Até que Okja, o “super-porco” fêmea, após 10 anos é pega da sua dona por uma poderosa empresa que desenvolveu essa nova espécie de animal – eles espalharam 26 animais pelo mundo e após uma década iriam resgatá-los, analisando o potencial da carne desses animais a partir do lugar que foram criados. Basicamente, Mija vai mover montanhas pra que sua super-porca continue do seu lado e não vire alimento pros humanos – e terá uma ajuda especial de uma organização de proteção dos animais. Não vou contar mais, fica aí o suspense.

Você vai se apaixonar só pelo trailer, assiste aí:

 

IT: A Coisa (WARNER + NEW LINE CINEMA) *****

Eu não sou muito fã de filmes de terror (sim, tenho medo), mas esse é sensacional. Tem aquela pegada Stranger Things (tem o “Mike” <3), com crianças espertas como protagonistas da história e de serem um grupo super unido. IT conta a história de Pennywise, um palhaço que captura crianças indefesas pra se “alimentar”.

Quando ele pega o Georgie, seu irmão Bill e o Clube dos Perdedores saem a sua procura, até descobrirem quem estava com ele – a coisa. Nessa “aventura”, Bill e os amigos dividem experiências e passam por transformações vindas do medo que assombra a vida de cada um. É envolvente, tem seus momentos de susto (de leve, não espere muita coisa) e te deixa com uma pulga atrás da orelha sobre o paradeiro do menininho desaparecido.

Ah, vale lembrar que o filme é baseado no livro IT: A Coisa, do Stephen King, e já ouve outro filme criado antes dele – em 1990. O marketing do filme foi incrível e provavelmente você já viu o trailer pelas suas redes sociais, mas vale conferir mais uma vez:

 

Bingo – O Rei das Manhãs (WARNER) *****

De longe, um dos melhores filmes brasileiros que vi. Os filmes nacionais normalmente não são muito valorizados, devido ao nosso histórico de produções. Mas a gente é capaz de fazer bons longas sim e Bingo é a prova disso.

Bingo conta a história de Arlindo Barreto, o palhaço Bozo da década de 80. Barreto era famoso, mas não era muito reconhecido pelas pessoas por sempre estar fantasiado. Essa frustração fez com que ele se envolvesse com drogas, chegando a beber muito e utilizar cocaína e crack antes de ir ao ar.

É uma história que te prende e que tem todo um enredo bem construído. O filme não levou o nome de Bozo pela produção querer explorar mais o meio artístico e não se limitar. O resultado é incrível, trata sobre a nossa cultura pop e merece ser assistido. Olha só o trailer:

 

Mulher Maravilha (WARNER + DC) *****

O filme foi uma grande aposta da DC depois de duas obras super criticadas. Mulher Maravilha ganha então seu filme próprio, com todo o empoderamento feminino em jogo. Há quem diga que o filme não tem nada de “feminista”, mas uma coisa é fato: é uma super-heroína e é uma mulher.

Diana, uma princesa das Amazonas, foi treinada para ser uma guerreira invencível e criada em uma ilha paradisíaca protegida. Quando um piloto americano caiu de avião na costa (o primeiro homem que Diana viu na vida) e contou sobre o conflito que estava acabando com o mundo, Diana abandonou sua casa, convencida de que conseguiria parar a ameaça. Será que consegue?

*Bonus: Liga da Justiça (WARNER + DC) *****

Uma curiosidade é que Mulher Maravilha estreou esse ano para inserir a heroína (e atriz) no mundo da DC. Logo depois, a Liga da Justiça foi pros cinemas e ganhou os espectadores. Além de Diana, tem também Batman, Aquaman, Ciborgue e Flash.

 

Moonlight - Sob a Luz de Luar (A24 + PLAN B) *****

Pra começo de conversa: o filme ganhou o Oscar esse ano e foi uma produção independente. É daqueles que precisa estar na sua listinha de filmes, se ainda não assistiu.

O filme conta crônicas da vida de um jovem negro, desde a infância até a idade adulta, e suas dificuldades para encontrar seu lugar no mundo, enquanto cresce em um subúrbio de Miami.

O trailer já fiz muito e já te dá aquela vontade de assistir. Confere só:

 

Fragmentado (UNIVERSAL) *****

O filme conta a história de Kevin que possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. A trama se complica como ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. No cativeiro, a cada vez que Kevin aparece, elas passam a conhecer as diferentes facetas dele e precisam encontrar algum meio de escapar.

É muito louco isso tudo, mas é um filme muito bom de assistir. A atuação de Kevin nos convence a cada personalidade e isso faz com que o filme seja elogiado pela crítica. Vale a pena ver, viu?

 

A Bela e a Fera (DISNEY) *****

Claro que nessa lista não podia faltar os lindos filmes da Disney. Não agrada a todos o mundo de fantasias e princesas, mas Bela tem sua singularidade. Pra mim, sempre foi uma das histórias mais bonitinhas (e olha que não sou muito ligada às princesas).

Esteticamente, o filme é impecável – a caracterização da Fera, os objetos vivos, o castelo e todos os mínimos detalhes. Pra quem não conhece a história, A Bela e a Fera conta a história de um príncipe que não era lá muito bonzinho e foi amaldiçoado a ser uma fera horripilante o resto da vida até que encontrasse um amor de verdade. Além dele, os criados da casa também foram enfeitiçados e viraram objetos falantes – o bule, xícara, castiçal, relógio (você já viu isso por aí). E claro, seu amor será Bela (não, não é spoiler). O grande desafio do filme é que Bela se apaixone a tempo pela Fera pra que o feitiço se reverta. Será que deu? Olha só o trailer (e se apaixone pela música tema cantada pelo John Legend e Ariana Grande):

*Um ponto negativo, pra mim, no filme foi o fato de muitas partes serem bastante musicais – o que eu não esperava. Mas é só um detalhe.

 

Extraordinário (LIONSGATE) *****

Eu sou muito suspeita pra falar sobre essa história. Extraordinário foi baseado num livro de R. J. Palacio que li por acaso depois que achei ele na livraria e curti a capa e a sinopse - me apaixonei de fato.

Auggie Pullman é um menino de 10 anos que nasceu com uma deformidade no rosto e já fez inúmeras cirurgias pra conseguir enxergar, ouvir e falar melhor. Ainda sim, a aparência chama a atenção das pessoas e causa estranhamento. Ele, que sempre ficou em casa, no 5º ano vai a escola e precisa conviver com novas crianças. Muitas o excluem, mas algumas se tornam seus amigos de verdade.

Auggie é apaixonante. O jeito que ele vê o mundo, sua paixão por astronautas e suas frases clássicas de que todo mundo precisa ser aplaudido de pé pelo menos uma vez na vida. É de derreter o coração.

 

Carros 3 (DISNEY + PIXAR) *****

Em seu terceiro filme, relâmpago McQueen não perde seu charme. É um filme pra todas as idades e daqueles que te cativa. Logo que saiu o novo filme, a curiosidade já foi aguçada.

No trailer já rola uma apreensão com um grave acidente do relâmpago e a dúvida se ele vai ou não continuar correndo, principalmente porque agora há novos corredores na área muuito mais modernos. Ele, que não desiste fácil dos sonhos, se junta a uma treinadora pra melhorar seu desempenho. Falando assim parece clichê, mas as aventuras vividas pelos dois e o final é o grande mote de filme. É preciso ver pra entender.

KA-CHOW (ou katiau rs), assiste aí o trailer:

 

Bônus: Star Wars - Os Últimos Jedi (LUCASFILM) *****

É um dos filmes mais aguardados do ano? É! Porém ainda não vi e é por isso que ele entrou como bônus nessa lista.

“Após encontrar o mítico e recluso Luke Skywalker (Mark Hammil) em uma ilha isolada, a jovem Rey (Daisy Ridley) busca entender o balanço da Força a partir dos ensinamentos do mestre jedi. Paralelamente, o Primeiro Império de Kylo Ren (Adam Driver) se reorganiza para enfrentar a Aliança Rebelde.” (sinopse tirada de AdoroCinema)

 

---

É isso gente. Se você viu algum desses filmes, fala aí o que achou deles; e se você ainda não viu nenhum, aproveita esse fim de ano pra maratonar.

E se algum queridinho seu não entrou aqui na lista, não fica chateado – escolhi todos eles a partir dos filmes que assisti nesse ano. Sinta-se a vontade pra me sugerir outros filmes bons de 2017, ok?

Um beijo e até 2018. ;*

 

 

                                              *As classificações (estrelinhas) foram retiradas do Omelete, aquele site famosinho entre o mundo das telinhas que sempre nos ajuda na hora de ver a sinopse e as críticas dos filmes em lançamento.

 

 

Leia também

Cadastre-se e receba em primeira mão

nossas promoções, notícias e vídeos